Dê play no player acima ^ e escute músicas de Pelotas!

DÊ PLAY NO PLAYER ACIMA ^ E ESCUTE MÚSICAS DE PELOTAS!

29 de jun de 2015

Livraria Universal de Pelotas

As imagens 1 e 2 abaixo são do acervo de Flávio Moreira dos Santos (em memória), que era um apaixonado pelas histórias das cidades do Rio Grande do Sul e desde os anos 50 vinha fotografando as cidades gaúchas que visitou, que foram quase todas. Estas fotografias encontram-se no Instituto Histórico e Geográfico de Capão do Leão, aqui postadas graças ao Sr. Arthur H., pesquisador da cidade de Capão Do Leão, que mostra registros, talvez o único de perto e rico em detalhes, da fachada da Livraria Universal na Rua Quinze de Novembro esq Sete de Setembro (Esquina "22") como na imagem 2. Fundada em 7 de dezembro de 1887 e que, logo depois, abriu filiais em Porto Alegre e Rio Grande. Em 1908, é feita a separação da sociedade entre Guilherme Echenique e seu irmão Carlos Echenique, ficando Carlos com a filial de Porto Alegre e Guilherme com a matriz em Pelotas, agora em sociedade com outro irmão seu, João Simões Lopes Neto. A livraria lançou diversos autores gaúchos, como de seu primo, João Simões Lopes Neto, Luís Araújo Filho, Lobo da Costa, Julieta de Melo Monteiro, Carlos von Koseritz. A partir de 1920 a livraria ficou nas mãos dos sobrinhos de Guilherme, que passou a dedicar-se exclusivamente à pecuária. A imagem 3 é do livro "Pelotas no centenário 1822 - 1922" do editor Clodomiro C Carriconde, reprodução do livro que pertenceu a Jacy dos Santos Silva e atualmente encontra-se no Instituto Histórico e Geográfico de Capão do Leão.
A livraria Universal foi fundada 12 anos depois da Livraria Americana, que foi fundada em 1875 de propriedade de Carlos Pinto & Cia, as duas faziam grande concorrência.

"Na foto da Universal pode-se distinguir — numa inscrição horizontal em cor clara, abaixo da cobertura da esquina — o lema da livraria: SINE LABORE NIHIL (Sem trabalho, nada se consegue)." (Blog Pelotas cultural)



Hoje neste local encontra-se a Doçaria Pelotense, Loja Franco Giorge e Loja Naftalina.



Referências:

- SPALDING, Walter. Construtores do Rio Grande. Livraria Sulina, Porto Alegre, 1969, 3 vol., 840pp.;
- Wikipedia.org;

- Blog Pelotas cultural em http://pelotascultural.blogspot.com.br/2012/06/esquina-22-ha-cem-anos.html
http://www.vivaocharque.com.br/

Imagens 1,2 e 3 reproduzidas por Arthur H Capão Do Leão



Imagem 1: Livraria Universal de Pelotas Rua Quinze de Novembro esq Sete de Setembro
Imagem 2: Parte da fachada da Livraria Universal


Imagem 3: Reprodução do livro que pertenceu a Jacy dos Santos Silva e atualmente encontra-se no Instituto Histórico e Geográfico de Capão do Leão.

Imagem 4: Reprodução do Google Earth
Imagem 5: Ao fundo à direita, o bonde de dois andares que fazia a linha Fragata, atravessando pela rua Mal.Floriano. A foto é uma reprodução de um cartão postal impresso  pela Livraria Universal, de Echenique & Cia.  Reprodução de foto do Site http://www.vivaocharque.com.br/.




Imagem 6: Publicação da Livraria mundial "Almanach Popular Brazileiro" em 1898.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá tudo bem? Obrigado por deixar aqui seu comentário. Qualquer problema entre em contato direto com a página através do e-mail preteritaurbe@hotmail.com. Se quiser deixe também sua crítica construtiva. Abraço e viva Satolep!