Dê play no player acima ^ e escute músicas de Pelotas!

Dê play no player acima ^ e escute músicas de Pelotas!

19 de mai de 2015

Arquitetura pelotense em bico de pena por Roseli Colares

Lindo trabalho da ilustradora riograndina Roseli Colares sobre a arquitetura pelotense.

“Empresa de Pompas Funebres, bico de pena sobre papel tamanho A4.”
Este é o primeiro trabalho que Roseli faz sobre Pelotas, promete outros. Este trabalho está a venda por R$ 100,00 no blog da artista.

Confira mais sobre o trabalho de Roseli Colares emhttp://humorzerocartum.blogspot.com.br/




Um comentário:

  1. Olá Dom Fábio.
    Belo trabalho da caríssima Roseli Colares em sua riqueza de detalhes, mantendo a letra Z, conforme encontra-se no frontispício da casa. São detalhes importantes que preservam o modo de como se escrevia na época e sua essência e nos remete a art nouveau, provavelmente inseridos bem após sua construção, já que este estilo passou a ser o mote na arquitetura entre a última década do século XIX até o fim da primeira década do século passado, foram quase de vinte anos de febre nouveau, porém estendeu-se por mais tempo, perdendo gradualmente sua força, isto pode serconfirmado por ter sido tal Empresa foi fundada em 1882.
    Havia em Pelotas outas Casas de Pompas Fúnebres dignas de lembrança, de um passado cheio de brilho e beleza que davam aos funerais um ar de realeza, onde os ataúdes eram transportados em belíssimas carruagens puxadas por fogosos cavalos negros ou brancos, ou pelos lentos, porém fortes percherons, que ao trote por onde passavam os transeuntes em respeito paravam, tiravam seus chapéus e muitos, consternados faziam o sinal da cruz. E lá, em direção ao Fragata iam essas ricas carruagens e suas belas cavalgaduras em suas capas rendadas, bem alimentadas e conduzidas por um cocheiro em traje de gala ostentando em sua cabeça uma bela cartola, coisa que sobreviveu até o fim dos anos 60 provavelmente.
    Belo período de nossa Pelotas que tinha garbo e estilo mesmo na hora da morte.

    ResponderExcluir

Olá tudo bem? Obrigado por deixar aqui seu comentário. Qualquer problema entre em contato direto com a página através do e-mail preteritaurbe@hotmail.com. Se quiser deixe também sua crítica construtiva. Abraço e viva Satolep!